Na mídia | CYKLO AGRITECH: a primeira aceleradora de startups do Matopiba

Na mídia | CYKLO AGRITECH: a primeira aceleradora de startups do Matopiba

Inaugurada em 21 de setembro de 2019, a Cyklo Agritech está acelerando as oito primeiras startups, entre as dez selecionadas, de acordo com o interesse e a necessidade do mercado local. Mais duas devem se somar a este grupo em breve, completando então a proposta da aceleradora, que planeja estar sempre com dez empresas a cada etapa. Por estar instalada em uma cidade basicamente agrícola, a Cyklo é voltada exclusivamente para o agronegócio e é uma das primeiras neste segmento no Brasil e a primeira da região do MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).
Com uma área de 722 m², no centro da cidade de Luis Eduardo Magalhães, completamente fora dos padrões dos escritórios convencionais, de forma descontraída e bem colorida, estão instaladas todas as startups hoje em atividade. A Cyklo Agritech contou com um investimento de R$ 5 milhões, todo de capital privado, e é uma iniciativa de vinte empresários, que objetivam apresentar inovações e soluções para impulsionar ainda mais o agronegócio regional, com geração de renda e emprego. Cada startup recebeu R$ 200 mil e treinamento de nove meses com aporte técnico especializado.
Para Pompeu Scola, CEO da Cyklo Agritech, “Luís Eduardo é o lugar ideal para a instalação de uma aceleradora como a Cyklo, especializada em soluções voltadas ao agronegócio, pois aqui se encontram os grandes produtores que utilizam tecnologias de última geração, estão instaladas várias empresas de fertilizantes, adubos, sementes, transportadoras, etc, todas voltadas ao segmento do agro”, afirma Pompeu.
Mas, e o que são as aceleradoras?
Aceleradoras são empresas cujo objetivo principal é apoiar e investir no desenvolvimento e rápido crescimento de startups, ajudando-as a obter novas rodadas de investimento. Isso pode acontecer de diversas maneiras. A Cyklo por exemplo, além de investir dinheiro, oferece uma rede de mentores, workshops, treinamento, assessoria (jurídica, contábil e administrativa), networking, acesso a clientes e investidores, enfim tudo que um empreendedor precisar para alavancar com velocidade.
Um processo de aceleração dura em média nove meses. Durante este tempo, os empreendedores têm uma agenda cheia, questionam cada ponto de seu negócio, saem a campo para validar suas ideias, etc. Em troca, a aceleradora se torna sócia das startups até o desinvestimento, momento em que sua participação é vendida para investidores ou empresas.
Fazem parte do grupo de startups selecionadas da Cyklo Agritech:
E-LOG – empresa de Balsas/MA, que desenvolve uma rede social voltada principalmente aos motoristas de caminhões e serviços relacionados a estes;
AGRIMAP –  de Luís Eduardo Magalhães/BA, que fornece um aplicativo com mapas diferenciados e conteúdos adicionais não disponíveis e que funciona em modo off-line;
KALLIANDRA – de Luís Eduardo Magalhães/BA, que automatiza os controles de umidade, oferecendo uma plataforma web de gestão do solo e recursos hídricos;
DYNAMiS – empresa de Ferraz de Vasconcelos/SP, que desenvolveu um equipamento com tecnologia aeronáutica que retira a palha, folha e resíduos da soja, cana e outras culturas, permitindo o aproveitamento deste material como forração do solo;
RIVULIS/MANNA – empresa israelense, que permite através de plataforma web suportada por satélite, melhor gestão da aplicação dos recursos hídricos em área irrigada ou não;
SSCROP – de Luís Eduardo Magalhães, que oferece solução ERP completa para gestão da fazenda demonstrando todos os resultados financeiros das decisões gerenciais;
APPROXIMA GRÃOS – de Luís Eduardo Magalhães, que oferece conexão fácil e segura entre compradores e vendedores de grãos, securitizando a operação financeira através de Fintech integrada a plataforma de comercialização;
DIOXD – de Londrina/PR, que otimiza a produtividade da semente com aplicação controlada de CO2 antes do plantio, proporcionando ganho físico de até 12% na planta;
AGROPER – de Lajeado/RS, que oferece ao mercado um fertilizante 100% orgânico, que repõe no solo 11 micronutrientes essenciais à saúde da planta, com ganhos de produtividade de até 12% e redução gradativa de fertilizantes e defensivos antes utilizados;
AGROINSIGHT – de Luís Eduardo Magalhães/BA, que é um portal de notícias e conhecimento que agrega e comenta os principais conteúdos digitais no agrobusiness, sendo produtor, curados e agregador de conteúdo.

No Comments

Leave a Reply

Nas Redes

logo_by
× Como posso te ajudar?